Erros no poker: 5 grandes erros do poker profissional

O poker é uma atividade extremamente competitiva, que depende de muita organização individual e exige constante melhora e boas estratégias para lidar com os aspectos específicos da carreira. Veja aqui 5 grandes erros no poker profissional e como evitar que eles prejudiquem sua carreira.

Se você se identificar com algum deles, não tem problema, nunca é tarde para se adaptar 😉

1. Não revisar mãos

Fazer revisão de mãos regularmente, sozinho ou em grupo, é uma das formas mais simples e efetivas de avaliar o próprio jogo, encontrar erros e descobrir onde melhorar.

A falta de revisão é um dos principais motivos de desconhecimento do próprio jogo e repetição de leaks. Esse é um dos erros no poker mais fáceis de evitar e, mesmo assim, muitos jogadores negligenciam reviews.

Isso pode ser bastante frustrante, porque, com o tempo, o jogador não sabe o que acontece no próprio jogo. Quando enfrenta uma fase ruim, se sente perdido. Sabe que precisa mudar algo, mas não consegue entender o que nem como.

Separe as mãos mais interessantes da sessão no poker tracker e escolha uma regularidade para fazer a revisão. Pode ser duas grandes revisões duas vezes por semana, 30 minutos por dia ou em algum grupo de estudos, por exemplo.

2. Não escolher com cuidado os torneios

Muitos jogadores simplesmente sentam e começam a registrar em todos os torneios possíveis, sem analisar quais deles realmente valem o investimento. Esse é um grave erro no poker.

Geralmente, tendemos a subestimar o valor que podemos tirar de um field com muitos recreativos e superestimar nossa capacidade de vencer nos fields mais regulares.

É importante analisar os próprios números, descobrir a faixa de buy-in mais segura de acordo com seus dados, saber em quais torneios você bate o field e selecionar os jogos do dia de forma consciente.

Mesmo que você tenha habilidade para bater os players mais regulares do seu limite, jogar um torneio cheio deles não vai lhe trazer muitas vantagens.

Para evitar perdas, tenha certeza de jogar torneios com alvos claros e que você possa explorar bem.

3. Ser inconsistente no volume

Variar muito o número de mãos jogadas por mês geralmente indica também alta variação nos resultados.

Se você olhar para sua base de dados e ela tiver grandes saltos no volume de torneios de um mês pro outro, tente reavaliar sua organização do poker e criar uma rotina.

A regularidade de resultados vai vir a partir de uma regularidade no volume.

Criar uma rotina de grind, procurar jogar sempre os mesmos torneios, nos mesmos horários e estabelecer um volume mínimo de trabalho mensal é extremamente importante para o sucesso no poker. 

4. Jogar demais

Nem só de mesas vive um poker player. Como não há horário fixo para o jogo, na ânsia de volumar, aprender e ganhar, o profissional pode perder a mão e jogar por horas e horas a fio, ignorando os outros aspectos do dia. A longo prazo, esse hábito vai ser ruim no poker e  fora dele.

Se você só foca no poker e está deixando os outros aspectos da vida de lado, cedo ou tarde isso vai prejudicar sua saúde física e mental e também o desempenho nas mesas. Jogar 12 horas por dia, sem nem dormir ou comer direito, pode ser bastante destrutivo.

Comer bem, manter horários regulares e suficientes de sono, fazer exercícios físicos e não abrir mão de lazer e vida social são essenciais para uma boa qualidade de vida.

Tudo isso pode ser a diferença entre boas e péssimas sessões, entre conseguir ajustar o mindset ou tiltar com facilidade, entre administrar bem a variância ou não conseguir lidar com ela.

5. Não criar estratégias de bankroll

Ignorar as diversas dimensões de uma boa organização de bankroll é um dos principais erros no poker. As estratégias de BR precisam ser muito bem planejadas para evitar que você quebre.

Mesmo jogadores vencedores muitas vezes sabotam as próprias conquistas escolhendo estratégias de BR muito agressivas ou muito conservadoras.

Montar uma estratégia de BR envolve diversos aspectos, como evitar quebras, controlar a variância, manter os lucros e o mindset correto para o jogo.

Fazer um gerenciamento de BR cuidadoso e responsável é também garantir segurança e tranquilidade mental para o poker.  Um bom gerenciamento de BR evita muitos transtornos em uma downswing e não deixa que o medo de perder guie suas ações na mesa.

Agora que já vimos muitos dos erros no poker, veja aqui dicas para lidar com a raiva durante o grind!

Se você quer ser profissional de poker, nós damos as ferramentas e um caminho. Entre no FLOW com a gente!

2 Comments

  1. Gostei muito do conteúdo, posso acrescentar algumas reviews em meu crescimento, não tenho feito muito isso, as vezes analiso uma mão importante depois de perder ou ganhar, para observar onde posso estar melhorando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *