6 MOTIVOS PARA ENTRAR EM UM TIME DE POKER

Muitos jogadores já devem ter se perguntado a resposta para essa pergunta. 
Para ajudá-los na decisão, vamos demonstrar alguns pontos positivos de jogar em um time de poker:

 

1. Velocidade de Evolução.

A velocidade de evolução e o volume de conhecimento adquirido ficam entre as vantagens mais relevantes quando se pensa em entrar em um time. Mais do que nunca, o poker exige um alto nível técnico para os jogadores que pretendem ser profissionais.
A forma mais eficiente de se tornar especialista em algo é estudar, praticar e ter os melhores mestres possíveis. Os times oferecem aulas e material de apoio – vídeos, treinos, textos – que criam uma cultura de estudo, fundamental para a formação de bons jogadores. Dentro de um time o futuro profissional vai respirar poker, discutir mãos com vários colegas e instrutores que têm o mesmo objetivo: evoluir.

 

2. Networking

Ter uma rede de contatos é importante em qualquer profissão. Entrar em um time pode ser a forma mais natural de aproximação com jogadores de diversos níveis técnicos que buscam o mesmo que você.

 

3. Comunidade

O poker costuma ser solitário e faz com que o profissional passe muitas horas em casa na frente do computador. Não ter qualquer convivência com outros jogadores e tentar se tornar um profissional sem ajuda dos semelhantes é muito mais difícil.

 

4. Risco financeiro zero

Talvez seja a vantagem mais óbvia: os times oferecem bankroll e o jogador não precisa arriscar nenhum valor para tentar carreira no poker. É uma forma mais segura de começar a carreira.

 

5. Maior retorno a longo prazo

Provavelmente um jogador que entra para um time vai jogar mais jogos e mais caros do que jogaria se estivesse bancando o próprio bankroll. Caso esse não seja exatamente o caso, ainda assim as possibilidades de vitória são maiores quando você tem o suporte de um time. Portanto, mesmo não tendo 100% do seu lucro, seu início de carreira provavelmente será melhor em um time e as vantagens obtidas nesse período servirão para toda a carreira.

 

6. Gestão de Carreira

Jogar sem planejamento de banca, bancar viagens para jogar ao vivo, escolher mal em quais jogos focar, não ter uma análise dos seus números, entre outros, são erros muito comuns que jogadores iniciantes cometem.
Gerir a carreira é fundamental para conseguir regularidade. Estabelecer metas, horários, planos traçados e objetivos é extremamente importante. Atletas de todos os esportes possuem técnicos e agentes que os ajudam com o desenvolvimento de suas carreiras. O time pode fazer esse papel: vai gerir os jogos, controlar os saques e o bankroll, ajudar com a rotina, oferecer apoio nos momentos difíceis, oferecer dicas sobre o setup, dentre várias outras orientações que podem parecer detalhes, mas são cruciais para um jogador tornar-se um bom profissional.

Faça sua inscrição!

Responda ao questionário clicando no botão e aguarde a resposta, que chega por e-mail, entre uma e três semanas a partir da data de inscrição.