Para evitar o tilt: 8 técnicas que cabem no break

Durante o grind um jogador passa por diversos picos emocionais, desde a extrema euforia até o máximo estresse. Compilamos aqui 8 técnicas rápidas de relaxamento – todas são rápidas o suficiente para caber no break e podem ajudar evitar aquele tilt de doer. Vem ver, vai que salva seu humor e a sua sessão 😉

1. Caminhe por 1 minuto

Durante o break, dê uma voltinha no quarto, no corredor, na casa, na sacada. É importante levantar da cadeira e caminhar para aliviar a tensão dos músculos, principalmente os das pernas e costas – bem aqueles que costumam doer depois de mil horas sentado grindando. Caminhar, mesmo que rapidinho, também ajuda a espairecer e tranquilizar a mente, permitindo afastar os pensamentos que reforçam o estresse.

2. Olhe para cima e conte de 60 a 0

É simples e poderoso: além de acalmar, esse exercício aumenta a concentração. Olhar para cima estimula o sistema nervoso e reduz a pressão, diminuindo o ritmo da respiração. Tudo isso tira o foco do estresse e traz relaxamento. Mas não adianta muito contar correndo, o ideal é fazer a contagem lentamente. Ficar olhando pro teto com o pescoço dobrado pode não ser lá tão agradável, mas vale o esforço!

3. Massagem com bola de tênis 

Coloque uma bolinha de tênis entre as costas e uma parede e se mova para massagear a região, principalmente onde os pontos de tensão forem maiores. Procure também massagear os ombros e pescoço. Esse exercício ajuda a relaxar os músculos das costas e alivia a tensão acumulada. Fazer a massagem por alguns minutos durante os breaks de um dia estressante pode ser aquela mão na roda para voltar com tudo!

4. Controle o ritmo da respiração

Um dos principais efeitos da ansiedade é o aumento do ritmo cardíaco. Se você conseguir controlar a respiração, pode baixar o ritmo cardíaco e, com isso, diminuir a ansiedade. Inspire pelo nariz e expire pela boca lentamente 15 vezes. Outra dica é inspirar e expirar várias vezes só pela boca. Mantenha o foco no seu corpo, no ar entrando, barriga inchando, ar saindo, barriga esvaziando. Isso ajuda a reduzir o estresse, estimula a concentração e bloqueia os pensamentos preocupantes.

5. Imagine- se flutuando em uma nuvem

Não precisa ter vergonha, para salvar o grind a gente faz de tudo! A imaginação guiada proporciona uma boa fuga temporária das preocupações. Quando estiver se imaginando lá em cima, entre na brincadeira, use todos os seus sentidos. Pense no que você vê, ouve e cheira nesse lugar.

6. Faça do break, um break 

Quando chegar o break e você estiver possesso, relaxe e não faça absolutamente nada. Fique ao menos um minuto com os olhos fechados ou apenas olhando pela janela. Essa é uma forma de abstrair a mente e aliviar o estresse. Durante esse minuto, se esforce para não pensar no que está te irritando. Assim, ao voltar para o grind, talvez você veja a situação com outros olhos e esteja mais tranquilo.

7. Faça alongamentos

O corpo responde ao estresse por meio da tensão dos músculos. Aproveite o break para fazer pequenas sessões de alongamento, como movimentos circulares e lentos com o pescoço, pulsos e tornozelos. Isso ajuda a voltar mais tranquilo para a session e aliviar as dores que podem vir com o jogo a longo prazo.

8. Anote suas preocupações em uma folha e deixe-as para depois 

Caiu, já era, não vai dar, vai tudo acabar. Take it easy. Se você já está pensando em milhares de problemas decorrentes da “não cravada”, aproveite o break para anotar o que te preocupa  e só olhe a folha novamente depois do grind. Saber que só vai pensar nesses problemas depois ajuda a afastar a ansiedade enquanto você precisa focar nas mesas. Estimule seu cérebro a pensar no que ele precisa fazer agora, e só agora. 

Durante o grind é hora de pensar SÓ na mesa, por mais difícil que seja. Ouça todas as preocupações te trazendo um monte de problemas, jogue tudo na folha e esqueça isso pra ver depois. Tente pensar: o que eu preciso fazer nesse exato momento? Olhar pra mesa, jogar essa mão, apertar o botão. Olhar pra outra mesa, jogar a mão, clicar. Foque no agora e deixe as preocupações na folha pra depois. Provavelmente, até olhar pra ela de novo, elas vão estar mais leves.

 

 

 

 

5 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *