Base técnica.

Em quase tudo que joguei na vida, sempre gostei de me aventurar no começo e focar mais em jogar e me divertir, sem estudar a fundo, tentando ser melhor praticando. No poker foi muito parecido, sempre fui um jogador mais instintivo do que “técnico”.

Depois de algum tempo trabalhando na área educacional, ficou muito claro para mim o quão importante é formar uma base técnica sólida, e o quanto isso acelera o processo de evolução de um jogador. Se você está sempre procurando um “hit” em algum Sunday Million ou The Big para avançar na carreira e melhorar a vida financeira (geralmente “salvar”), lhe garanto que esse é o caminho mais difícil, menos recompensador e mais frustrante. Existe um outro, aquele que aprendemos desde pequenos: estudar, ter paciência, não pular etapas, e por aí vai.

E esse é um “atalho” incrivelmente bom. Estudar e formar uma base sólida na carreira faz com que você consiga atingir níveis maiores do que aqueles que não se preocupam tanto com isso. Conheci muitos players, alguns mais técnicos, outros mais instintivos. Aqueles que prezavam pela técnica e respeitavam seus “instintos” eram, de fato, os brilhantes.

Você sabe exatamente o que cada posição significa? A parte matemática do poker já foi dominada por você? Ranges, stacks? Se já dominou tudo isso, há quanto tempo não repassa o conteúdo? Então, pegue seus livros, volte aos fóruns e vá estudar! A diversão vai ser maior quando retornar às mesas, isso eu garanto.