Planejamento de grade: 6 dicas para fazer o seu

planejamento de grade

O planejamento de grade é um dos aspectos mais importantes na hora de controlar bem a carreira de poker player e garantir um bom ROI (retorno sobre investimento). Ainda assim, é um tema bastante negligenciado, principalmente por quem está começando no poker.

Na hora de fazer um bom planejamento de grade, muitos aspectos devem ser considerados. Um planejamento bem feito vai te ajudar a diminuir a variância, a aumentar o lucro e a organizar sua carreira.

Veja aqui tudo o que você precisa considerar para fazer um bom planejamento de grade!

6 dicas para um bom planejamento de grade

1. Estrutura do torneio

A estrutura mais aconselhável para quem tem bastante tempo para grindar são os torneios regulares e deepstacks (quando os níveis sobem a cada 10 minutos ou mais).

Como esses torneios têm um ritmo mais lento, com subida de blinds mais demorada, você tem mais tempo para colocar em prática os conceitos técnicos e tudo que aprendeu.

Quanto mais rápida a subida de níveis, como nos torneios turbos e hypers, mais situações de all in pré-flop, all in flop, entre outras. Isso significa que a variância pode ser maior.

Evite, pelo menos no começo, torneios em que você fique shortstack rapidamente.

2. Quantidade de jogadores

A regra é simples: quanto mais jogadores, maior a variância. Quanto menos jogadores, menor a variância.

Um jeito de saber a quantidade de jogadores em cada torneio é desmarcar a opção “Show upcoming only”, no PokerStars, ou “complete”, em outras plataformas, e ver quantos jogadores entraram no torneio.

Você também pode pesquisar pelo torneio no Sharkscope. A média de inscritos é quase sempre a mesma, com exceção dos domingos.

3. Ability médio do field (capacidade)

Se você tem uma conta no Sharkscope, é possível ver essa informação, que representa a habilidade média dos jogadores que costumam se registrar naquele torneio.

Às vezes, torneios com o mesmo buy-in tem uma média de ability bastante diferente. Só mesmo olhando os dados para ter certeza da habilidade do field e poder escolher os torneios com mais jogadores fracos.

Exemplo:

Big $82

Carnaval Series

Muitos jogadores podem bater o olho e pensar “um torneio de 250 euros deve ser muito mais difícil que um de 82 dólares”. Porém, a média de capacidade do Big $82 é maior que a do torneio da Carnaval Series.

Como esse último é um evento especial e com premiação maior, acaba atraindo mais jogadores recreativos que o Big $82. E esse é só um exemplo. Quando paramos para comparar os torneios regulares do dia a dia, encontramos várias  situações parecidas.

4. Garantido (Gtd) e prêmio para o 1º colocado

O “garantido” é a premiação total que a plataforma garante que distribuirá, independentemente do número de inscritos no torneio. Quando a quantidade de jogadores não ultrapassa esse garantido, falamos que o torneio deu “overlay”, e é ótimo jogar torneios assim.

De modo geral, quanto maior o garantido e menor o número de jogadores, melhor. Portanto, não é aconselhável jogar torneios com fields gigantes e garantidos baixos.

O fator premiação para o 1º colocado é uma questão mais pessoal. O ideal é sempre observar as diferenças de premiação nos torneios de mesmo buy-in.

Há torneios de $11 que pagam 250 dólares para o 1º e outros que pagam 900 dólares, com uma diferença pequena de participantes. Considerando devidamente outras variáveis, seria uma falta de atenção registrar naquele que paga 250 dólares para o 1º e descobrir, 30 minutos depois, que existe um de mesmo buy-in que paga 900.

5. Duração do torneio

Nesse ponto, é preciso considerar seu tempo disponível para o poker, sua energia e paciência no dia e a duração média de cada torneio.

Por exemplo, você registrou por 4 horas, e o último torneio vai ser um regular de duração média de 7 horas até a cravada. Antes de registrar, se pergunte: hoje eu consigo jogar meu A game durante 11 horas seguidas? Se a resposta for não, talvez seja o momento de parar por ali e dar o seu melhor até o fim dos torneios que já estão abertos.

Veja quantas horas dura em média os torneios que você quer e planeje seu dia em torno disso.

6. Plataformas

O PokerStars é a principal plataforma de poker online, e é nele que os jogadores regulares mais se concentram.

Uma das estratégias para maximizar seu EV é procurar outras plataformas, menos populares e com mais jogadores recreativos, como Bodog, PokerStars da Espanha, Tiger Gaming, entre outras, e acrescentar alguns torneios delas à sua grade.

> Dica extra

Investimento bom x investimento ruim

Veja aqui dois exemplos de uma grade bem planejada e outra nem tanto, com o mesmo BR disponível.

Grade bem planejada de $35:

  • 7,5 DeepStack (10 minutos de blinds, 10k fichas, prêmio 985 para o 1º, 500 participantes)
  • 22 Regular (10 minutos de blinds, 5k fichas, prêmio 750 para o 1º, 400 participantes)
  • 5,5 reg (10 minutos de blinds, 5k fichas, prêmio 600 para o 1º, 450 participantes)

Nessa grade, você conseguirá aplicar mais técnicas, atingir a faixa de premiação mais vezes, enfrentará menos participantes e terá uma quantidade de fichas melhor para trabalhar. Assim, pode diminuir a variância.

Grade mal planejada com $35:

  • 7,5 Hot (5 minutos de blinds, 5k fichas, prêmio 1.400 para o 1º, 3.500 participantes)
  • 22 Turbo (5 minutos de blinds, 3k fichas, prêmio 500 para o 1º, 800 participantes)
  • 5,5 Hyper (3 minutos de blinds, 3k fichas, prêmio 560 para o 1º, 700 participantes)

Nessa grade, você enfrenta mais jogadores, em uma estrutura mais rápida, com uma quantidade menor de fichas, e, às vezes, ganha menos pela cravada. Pode, portanto, aumentar a variância.

Espero que vocês tenham gostado! Se você acha que faltou algum aspecto, comenta aí abaixo, será um prazer responder! 😀

por Kian “Kianbrazil” da Costa, player do FLOW

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *