Como ser poker PRO mudou sua vida? Com “leandrobelot”

Jogador profissional de poker "leandrobelot"

Tornar-se jogador profissional de poker costuma ser uma ruptura. Geralmente, havia outra carreira, outro caminho, outros planos, talvez mais seguros, provavelmente mais comuns.

Todo poker player, em algum momento, decidiu dizer “não” para muito do que tinha por certo até ali e entrar de cabeça em uma carreira ainda pouco comum, cercada de preconceitos, bastante exigente e incerta.

Viver de poker tem suas dores, mas tem também muitas alegrias. Alguns encontram no poker uma oportunidade quando não havia muitas. Outros, têm no poker o encontro entre profissão e paixão. Tantos outros veem o poker como uma liberdade, do horário fixo, da função enfadonha, de outras carreiras não tão desejadas assim.

Na série “Para além das mesas”, vamos conhecer a história de alguns PRO players do FLOW e ver como se tornar jogador profissional de poker mudou a vida de cada um. Vem ver!

Como ser jogador profissional de poker mudou sua vida? Com “leandrobelot”

Leandro começou a jogar poker por diversão, em 2015, na casa dos amigos. Passou a frequentar freerolls dos clubes de poker locais e viu que podia ser um bom – e divertido – negócio.

Logo percebeu que era um jogo de habilidade e foi estudar o game. Quando terminou a escola, marcada por várias dificuldades, foi direto para o grind.

Atraído pelo jogo mental e pelas várias emoções que uma partida de poker pode proporcionar, pensou que investir em uma carreira como player combinava com ele.

Quando Leandro começou a jogar poker, assustou toda a família. O irmão mais velho foi o escolhido para conversar com ele. O rapaz não só jogava, como queria fazer disso sua profissão!

Em uma importante e já aclamada vitória pela legitimidade dos caçulas, Leandro CONVENCEU o irmão mais velho, que não só o escutou como começou a jogar poker! Dali, sairiam os irmãos Beloti, dois grandes players do FLOW.

Leandro “leandrobelot” construiu boa parte da sua carreira aqui no time. Essa é sua segunda passagem pelo FLOW e, desde sua entrada, em 2016, evoluiu muito e conquistou regularidade.

Hoje, PRO player, Leandro conquistou o apoio da família, reconhecimento e ainda tem muito a construir como jogador profissional de poker! 🚀

👉 Vem ver como Leandro foi do caçula que preocupou a família a jogador profissional de poker no FLOW e o que isso representa na sua vida! Desce aqui! 

1. Quando você decidiu se tornar jogador profissional de poker? Por quê?

R: Quando percebi que envolvia muito jogo mental, que é algo que eu gosto muito.

Pensava em fazer faculdade de psicologia e fui percebendo o quanto a psicologia está presente no poker. Por ter muito dessa parte, vi que poderia ser uma profissão ideal para mim.

2. O que mais te atraiu para escolher essa carreira?

R: Isso foi mudando com o tempo. No começo, eu tinha uma visão muito inocente sobre o que é ser jogador profissional de poker.

Hoje, vejo que o que mais me atrai são as emoções que o jogo proporciona. É bom demais passar o dia observando as situações nas mesas, acertando calls e foldando situações difíceis.

Não tem como não sentir prazer quando estou no conforto de casa, sentado, com vento no rosto, jogando e vendo as mãos. É realmente um privilégio.

3. Quando você decidiu entrar no FLOW? Por quê?

R: Eu jogava em outro time, somente de Sit & Go, e me inscrevi no FLOW por saber da estrutura do time, como o FLOW Desk, aulas semanais, reviews, etc.

Eu também tinha muito interesse em jogar torneios regularmente. Entrei no FLOW em setembro de 2016 e foi no time que hitei meu primeiro torneio online.

4. Como foi a transição para ser um jogador profissional de poker?

R: Eu não tive outra profissão, mas a transição de estudante para jogador de poker foi difícil.

Eu fui um péssimo aluno na escola, reprovei três vezes. Obviamente, meus pais não foram a favor da minha decisão de jogar poker, o que não é nada muito fora do comum.

Quando terminei os estudos, conversei com eles. Disse que ia me dedicar ao poker e que eu só precisava de tempo para que eles vissem como era. Acabou dando tudo certo.

5. O que você leva do poker para as outras esferas da vida?

R: É uma lista grande de coisas, o poker me proporcionou muito aprendizado. Vou destacar 3 que acho essenciais: disciplina, resiliência e confiança. 

Na minha opinião, esses são três pilares para que os planos no poker funcionem.

6. O que você mais gosta em ser um jogador profissional de poker?

R: Acho ótimo como podemos controlar e variar nossa rotina e os dias em que vamos jogar.

Claro, precisamos fazer uma organização para o grind funcionar da melhor forma possível, mas é uma rotina flexível ao que faz sentido para mim.

7. E o que menos gosta?

R: A monotonia. Às vezes, passamos 15 dias repetindo os mesmos processos. Estuda, joga, analisa, dorme e repete.

Essa rotina nunca foi fácil para mim, o que acabou atrasando meu processo de evolução no poker. Mas é a única coisa ruim que consigo pensar sobre ser um poker player.

8. Qual foi o maior aprendizado que ser jogador profissional de poker te proporcionou até hoje?

R: A importância da confiança. Essa palavra passou a ter um significado muito diferente na minha vida depois do poker.

Acredito que confiança é um conjunto de várias coisas que, juntas, conseguem te dar o sentimento de acreditar em si mesmo.

Sei que é um processo que vai melhorando a cada dia, mas não adianta chegar na FT de Sunday Million se você não acredita que dá conta de cravar!

9. O que o poker representou na sua vida, no início da profissionalização? E o que ele representa hoje?

R: No início, o poker representou para mim o desafio da mudança. Nunca fui de estudar muito, minha vida toda tive problemas com isso, e o poker me ensinou o quanto uma leitura pode te ensinar.

Hoje, o poker me ensina a capacidade de adaptação constante. Nas mesas é como na vida, as situações variam e você tem que ir se adaptando ao que funciona melhor para o momento.

 

  Quer conhecer a história de outros players? Veja aqui a trajetória do “fscheifer“, empresário e PRO player no FLOW!

  Quer jogar poker profissional? A gente dá as ferramentas. Você joga. Todo mundo ganha.

  Vem pro FLOW com a gente! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *